Comprar um imóvel como forma de investimento é um bom negócio?

Postado em: 28/02/2018

Comprar um imóvel como forma de investimento é um bom negócio?

Com as diferentes formas de investimentos algumas pessoas ainda têm esta dúvida, mas a imobiliária Cardinali irá mostrar por que o imóvel ainda é um bom investimento

Pode até parecer saudosismo, conservadorismo ou até "frase feita" o pensamento de que imóvel é o melhor investimento para obter retorno. Quantas vezes você já ouviu de seus avós que imóvel é o melhor investimento. Pois é, aqui daremos algumas dicas de como isso pode ser sim a realidade, levado em conta algumas considerações na escolha que este tipo de negócio exige.

Comprar imóvel é sim um bom negócio e as razões para demonstrar e comprovar isso vem da Imobiliária Cardinali com uma representatividade de mais de 80% dos lançamentos imobiliários da cidade, em sua maioria com exclusividade que coloca a Cardinali como líder de mercado no segmento de vendas e locação em São Carlos e região.

Os principais fatores que devem ser analisados, segundo Pedro Roberto Rosa de Moraes - diretor de vendas e sócio da Cardinali, para garantir que o imóvel se torne um bom investimento é você "comprar bem" um imóvel. Comprar bem significa: escolher uma localização que tenha uma boa demanda para locação, pois você irá alugar este imóvel por um valor melhor ou muito próximo a um investimento de baixo risco (como a poupança, por exemplo); escolher uma localização que está valorizando. Outro fator é escolher imóveis na planta, pois estes se valorizam de 20% a 30% quando estiverem prontos; ficar atendo ao plano diretor da cidade e consequentemente ao vetor de crescimento pois o poder público irá concentrar os investimentos nessas áreas. Mas tudo isso deve ser planejado pois você não tem uma liquides para vender um imóvel, mas você tem a segurança que só o imóvel traz - explica Pedro.

Um erro muito comum cometido quando se compara o rendimento de um investimento de baixo risco com o retorno dado por um imóvel alugado é não levar em conta a valorização que este imóvel terá, quando vier a ser vendido. Para Italo Cardinali Filho, diretor da imobiliária "em um imóvel nunca se perde dinheiro. Pode deixar de ganhar muito, mas perder, jamais" afirma Italo.

"Com o deslocamento de grandes empresas para o interior de São Paulo, a cidade de São Carlos se destaca e vira "alvo" principalmente no setor de serviços e tecnologia devido à mão-de-obra de qualidade e inovadora advinda principalmente das duas universidades públicas instaladas aqui. Isso promove uma demanda crescente e qualitativa para cidade pois essas pessoas necessitam alugar ou comprar um imóvel para residir na cidade", explica Cardinali.

O mercado crescente, com demanda em alta e as tradicionais formas de investimentos perdendo força com a queda da taxa de juros aliadas às formas atrativas de aquisição de imóvel, tem seus resultados direto demonstrados nos lançamentos de grande sucesso, como foi o caso do último loteamento aberto lançado pela construtora Bandeirantes juntamente com a Imobiliária Cardinali que resultou na venda de 282 lotes em apenas três semanas. De acordo com o diretor Pedro as construtoras entenderam as necessidades das famílias no atual momento da economia e facilitam a aquisição do imóvel através de pagamentos facilitados, parcelas corrigidas anualmente, entre outras facilidades para pessoa realizar o sonho da sua casa própria.

"Hoje temos parcelas para a aquisição de imóveis de lançamento, prontos ou não, muito próximas à parcelas que a pessoa paga de aluguel, o que torna a compra atrativa" explica Pedro.

Apesar da principal instituição financeira ter reduzido a porcentagem de financiamento para imóveis usados de 80% do valor total para apenas 50% de financiamento, há outras instituições realizando financiamentos com esses valores ainda e com taxas de juros bem atrativas para as pessoas que necessitam de financiamento.

O mercado local prevê diversos lançamentos até o final do ano e com isso, cria-se uma boa expectativa para quem compra e para quem vende pois, de um lado, o comprador ganha mais opções e pode negociar valores e condições diferenciadas para a aquisição de seu imóvel e de outro, o vendedor pode oferecer produtos diferentes e não perder a venda por falta de opção para atender as necessidades de seu cliente, sem contar é claro, no aumento da demanda de mão-de-obra para construção civil, aquecimento nas vendas das empresas fornecedoras de materiais e toda a cadeia que compõe o setor.

Fonte:https://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/especial-publicitario/imobiliaria-cardinali/noticia/comprar-um-imovel-como-forma-de-investimento-e-um-bom-negocio.ghtml?utm_source=afiliada&utm_medium=materia_pub&utm_term=chamada&utm_content=imobiliaria_cardinali&utm_campaign=eptv